Topo
 

O que fazer para não sair da dieta no Natal?

não sair da dieta no natal

O que fazer para não sair da dieta no Natal?

As festas de fim de ano estão chegando. E, com elas, as guloseimas. Para muitos, é difícil fugir das tentações natalinas. Mas há dicas bem simples de como não sair da dieta no Natal.

No Natal, a comida ganha destaque. Seja com os memes pró ou contra uva passa, pelas viagens, amigos secretos ou piadas do tiozão.

Mas, sem sombra de dúvidas, o maior destaque é a ceia.

Peru, pernil, bebidas, guloseimas. Tudo parece ganhar um sabor especial no Natal. As comidas parecem três, quatro vezes mais saborosas.

Como manter a dieta com tanta tentação?

Quem mantém uma vida saudável, com exercícios e boa alimentação, sente dificuldades nesse quesito.

Neste artigo, explicamos como não sair da dieta no Natal. Vamos conferir?

1. Beba com moderação

Segurar o pé na bebedeira não é importante somente para não passar vergonha alheia.

Algumas bebidas são altamente calóricas. Coquetéis, por exemplo, podem conter altas quantidades de calorias em um único copo. Se for encara-los, a melhor alternativa é diluir em bastante gelo.

A famigerada cerveja também é uma bomba calórica. Para fugir das altas quantidades de calorias no natal, opte pelos vinhos ou champagne. Este, aliás, é o que possui a menor quantidade de calorias por taça.

2. Não eleve tanto assim a ceia

O Natal é, sem sombra de dúvidas, a maior festa religiosa do mundo. E um momento especial em diversas famílias.

Por maiores que sejam seus motivos para comemorar, para o seu corpo, é um dia como outro qualquer.

Comer muito no Natal, por ser Natal, não fará com que seu organismo trabalhe cinco vezes mais. Nem fará com que os nutrientes sejam absorvidos mais rapidamente.

Quer comemorar? Comemore. Todos temos este direito. Mas, de maneira alimentar, encare o Natal como um dia normal.

3. Cuidados ao ser o anfitrião

Quando comandamos a festa, temos o controle de quanto será produzido. E sempre há uma carga de responsabilidade sobre o anfitrião.

Há quem goste de fazer as receitas pensando na quantidade de visitantes. E há quem goste de fartura à mesa.

Você pode encontrar o meio termo sobre estes dois pontos.

Ao invés de uma grande variedade de pratos, pense em reinventar algumas receitas. Pratos que sejam saudáveis e saborosos. Ou faça pequenas porções dos pratos típicos.

Isso evita que até mesmo você entre em tentação. Uma boa dica para não sair da dieta no Natal.

4. Mantenha os exercícios, mesmo que em menor quantidade

Há quem sempre dê uma desculpinha para não fazer exercícios durante o Natal. Seja por conta da correria com a festa, seja por cansaço.

O fato é: seu corpo precisa de, apenas, 15 minutos de atividade cardíaca intensa para não engordar.

Ao acordar, faça uma caminhada ou pratique corrida. Este, aliás, é uma das melhores atividades físicas para o coração.

Caso vá a um supermercado, estacione o carro o mais longe que puder. Esta caminhada já pode ser considerada uma atividade física.

Intercalar as atividades cotidianas com pequenas doses de exercícios evita o completo sedentarismo nas festividades.

5. Cuidados ao ser visitante

As tentações da ceia são enormes. Mas há como se manter são e não sair da dieta no Natal.

A primeira coisa que precisa ter em mente é: coma o necessário. Às vezes, queremos tanto agradar o anfitrião que esquecemos de nós. Da nossa dieta, das nossas obrigações, etc.

E é justamente “entrar nessa pilha” que nos tira do foco.

Por mais deliciosas que sejam as opções, pense na sua boa alimentação. Afinal de contas, os cuidados com o corpo não podem ser prioridade somente quando convém.

6. Não trate o Natal como o “dia do lixo”

Sempre separamos um dia da semana para comer aquilo que não comemos durante a semana.

O problema é quando nos restringimos de alimentos para aproveitar o “dia do lixo”.

Quando mantemos longos períodos sem comer, ficamos com falta de nutrientes. Isso levará nosso corpo a aproveitar 100% do que é consumido.

E, com o acréscimo da fome, a tendência é devorar tudo o que ver pela frente.

Antes de ir para uma confraternização, coma o mínimo possível. Uma fruta, iogurte, algo leve. Isso aumentará a saciedade durante a ceia.

7. Partilhar é importante

As pessoas tendem a ser mais caridosas no Natal. E, nesta brincadeira, doces e salgados se tornam presentes usuais.

E, para não sair da dieta no Natal, o melhor a se fazer é partilhar.

Não coma todas as guloseimas que receber sozinho. Afinal de contas, elas injetam quantidades altas demais de açúcar no sangue. O que pode dificultar o trabalho do pâncreas, principalmente para os diabéticos.

8. 26 de dezembro

A ceia passou. Todos se fartaram. O que fazer no dia depois do Natal?

Aproveite tudo o que não foi consumido durante a ceia.

Congele o que for possível. Faça refeições pré-preparadas. A depender da quantidade, pode ter alimento para o restante da semana.

Isso evita que se dê continuidade aos exageros gastronômicos durante muito tempo. Além de benéfico ao corpo, é bom para o bolso.

9. Durma bem, e bastante

As obrigações da ceia natalina podem tirar o sono de muita gente. E isso não é nada bom para nosso corpo.

Quando passamos muito tempo sem dormir bem, nosso corpo reclama. E essa queixa vêm em forma de necessidades alimentares.

O corpo passa a exigir alimentos ricos em gorduras, açúcares e calorias. Tudo isto para compensar a falta de descanso durante a noite. o que não é nada bom para quem tem diabetes.

Então, para não sair da dieta no Natal, durma bem. Aproveite suas oito horas de sono, com o corpo leve e descansado.


Tudo pronto para a ceia? Não se esqueça: os cuidados com o corpo devem acontecer durante o ano inteiro. Cear é bom, mas, não sair da dieta no Natal, é ainda melhor.

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Siga nossas Redes Sociais

E acompanhe todas as novidades!